(11) 3383-1200
atendimento@raidho.com.br
Diferentes visões, diferentes culturas Nós sabemos onde fica o exótico de cada parte do mundo

     
Dicas
   
 
 

DICAS GERAIS – AUSTRIA


A Áustria, oficialmente República da Áustria, é um país de cerca de 8,3 milhões de habitantes, localizado na Europa Central. Faz fronteira com a Alemanha e com a República Checa no norte, Eslováquia e Hungria a leste, Eslovênia e Itália a sul e Suíça e Liechtenstein a oeste. O território da Áustria abrange 83.872 quilômetros quadrados e é influenciado por um clima temperado e alpino. O terreno da Áustria é muito montanhoso, devido à presença dos Alpes, apenas 32% do país é inferior a 500 metros de altura e seu ponto mais alto está a 3.797 metros. A maioria da população fala alemão, que também é língua oficial do país. Outros idiomas oficiais locais são croata, húngaro e esloveno.

Viena, a capital da Áustria, assim como Innsbruck e Salzburg, são cidades lindas onde há muita coisa para se ver e fazer. O país é um dos destinos turísticos favoritos dos apreciadores de música clássica, jazz e esportes de inverno.

 
 
 
 



A diversificada oferta cultural austríaca abrange mais de 200 festivais: do festival acontecimento a nível mundial ao pequeno festival regional.

Viena, a capital mundial da música! Aqui viveram mais compositores conhecidos do que em qualquer outra cidade, e em Viena a música paira literalmente no ar: é aqui que valsas e operetas estão em casa e também os musicais “made in Áustria” conquistaram o público internacional.

Visitar a Áustria é experimentar a brilhante arquitetura em paisagens maravilhosas. Quer você viaje pelas perfeitas paisagens austríacas ou se hospede nas cidades imperiais – a obra de mestre arquitetônica está em todo lugar. E, em qualquer época do ano, o visitante encontrará uma infinidade de acontecimentos musicais, como ópera, concertos e festivais como os de Salzburgo, Viena, Bregenz, Innsbruck e Mörbisch. Também possui uma infinidade de museus, monumentos, exposições e galerias de arte por todo o país. Por sua importância destacamos algumas delas.

A Áustria é um dos 10 países mais ricos do mundo em termos de PIB per capita (US$ 45 000 em 2007). Tem uma economia social de mercado bem desenvolvida e um altíssimo padrão de vida. Até a década de 1980, muitas empresas foram estatizadas. Nos últimos anos, entretanto, a privatização diminuiu a participação estatal a um nível comparável a de outras economias européias. Junto a uma indústria altamente desenvolvida, o turismo internacional é a parte mais importante da economia austríaca. Os setores mais importantes da indústria são: cimento, produtos químicos, equipamentos elétricos, madeira, móveis, vidro, ferro e aço, artigos de couro, veículos motorizados, instrumentos ópticos, papel e polpa, alimentos e bebidas, têxteis e roupas. As exportações incluem: madeira, móveis, ferro e aço, papel e polpa, têxteis, maquinaria, eletricidade e magnesita. Capital – Viena

Moeda – Euro

Idioma Oficial – Alemão

Fuso Horário – Meridiano de Greenwich + 1 hora

Vistos consulares – Brasileiros estão isentos de visto à turismo/negócios para permanência de até 90 dias. Documentos –

Aconselha-se aos passageiros Brasileiros para entrar na Áustria: estarem com o passaporte original válido, bilhete aéreo ida e volta confirmados, fundos suficientes para a estadia (dinheiro, travel check, cartão de crédito), voucher do hotel e serviços adquiridos durante a estadia na Áustria e comprovante de aquisição de seguro de viagem internacional(com cobertura de EUR 30.000,00 englobando assistência médica/hospitalar e repatriação sanitária). A ausência destes requisitos, poderá acarretar problemas no ato do desembarque na Áustria. Clima / Melhor Época –

O frio austríaco é duro de encarar, principalmente nas regiões de montanha. Se você não vai praticar esportes de inverno evite dezembro, janeiro e fevereiro. A época mais agradável vai de maio a setembro.

História –

No início do século XIX, as guerras napoleônicas trouxeram a dissolução do Sacro Império Romano-Germânico e a criação do Império Austríaco, que tentou assegurar a supremacia interna entre os estados alemães. Entretanto, quando os Austríacos saíram vencidos de uma pequena guerra contra a Prússia, em 1866, a Áustria foi forçada a dividir o seu império. Em 1867, foi formado o Império Austro-Húngaro.

Em 1914, o assassinato do arquiduque Francisco Fernando, em Sarajevo, por um nacionalista sérvio, foi a gota de água que levou as nações à Primeira Guerra Mundial. No final da guerra, o Império Austro-Húngaro ficou dividido em vários estados independentes, passando a Áustria a ser uma república. Embora alguns austríacos defendessem a união com a Alemanha, a Liga das Nações não o permitiu, e, nas duas décadas seguintes, a Áustria lutou para conseguir manter a independência perante a crescente ameaça alemã, com o avanço nazi, concretizado em 1938, e com a anexação do país por Adolf Hitler.

A república foi restaurada em 1945, depois da Segunda Guerra Mundial. Mas as forças aliadas permaneceram no território até 1955 e só saíram depois de a Áustria prometer manter a neutralidade, não se confederar com a Alemanha de Leste nem com a Alemanha Ocidental e não voltar a ser dominada pelos Habsburgos. Os governos do após-guerra foram dominados por coligações entre os socialistas e o Partido Popular. A partir dessa altura a Áustria desenvolveu um grande consenso interno, para além da prosperidade e da estabilidade econômicas.


 
     
Através da lista de casamento Raidho, os convidados presenteiam o casal com cotas, de diferentes valores, que se transformam na viagem dos sonhos!
REDES SOCIAIS
NEWSLETTER
Receba nossas promoções e novidades em seu E-mail.
Aceito os termos de uso e política de privacidade
Login: Senha: Esqueceu a Senha?
ÁREA RESTRITA CÂMBIO ON-LINE
Euro (EURO): R$ 3,950
Dólar (US$): R$ 3,350
20/10/2017 às 14h 42 min
DESENVOLVIDO POR
VMB Consultores & Informática