(11) 3383-1200
atendimento@raidho.com.br
Diferentes visões, diferentes culturas Nós sabemos onde fica o exótico de cada parte do mundo

     
Dicas
   
 
 

DICAS GERAIS – GRÉCIA


A Grécia, oficialmente República Helênica, na parte meridional dos Bálcãs e confina a norte com a República da Macedônia, com a Bulgária, e com a Albânia, a leste com a Turquia, quer em fronteira terrestre, quer com fronteira marítima no mar Egeu, a sul com o mar Mediterrâneo e a oeste com o mar Jônico, pelo qual tem ligação com a Itália.

Localizada na juntura da Europa, Ásia e África, a Grécia é o berço de nascimento da democracia, da filosofia ocidental, dos Jogos Olímpicos, da Literatura ocidental e da historiografia, bem como da ciência política, e dos mais importantes princípios matemáticos, e também o berço de nascimento do teatro ocidental, incluindo os gêneros do drama, tragédia e o da comédia.

É impossível falar em Grécia sem pensar nos deuses, heróis e lendas da sua riquíssima mitologia e no avanço e na cultura de uma civilização que concebeu a república e a democracia, foi pródiga em todos os gêneros de arte e criou a filosofia. Os antigos gregos inventaram o teatro, a poesia e uma língua da qual muitas palavras em diversos idiomas contemporâneos são derivadas.

 
 
 
 


A Grécia é formada por um território continental, onde fica sua capital, Atenas, e por uma infinidade de ilhas.

Atenas é uma cidade grande a agitada, mas com bairros bem interessantes e animados, como o Plaka, o lugar perfeito para se hospedar, com várias opções de hotéis. Atenas tem também um dos mais importantes museus arqueológicos do mundo. Capital – Atenas

Moeda – Euro

Idioma Oficial – Grego

Fuso Horário – Meridiano de Greenwich +2

Vistos consulares – Brasileiros estão isentos de visto à turismo/negócios para permanência de até 90 dias. Documentos –

Aos Viajantes Brasileiros, aconselha-se : estar com o passaporte original válido, fundos suficientes para a estadia na Grécia ( dinheiro, travel check, cartão de crédito),bilhete aéreo ida e volta confirmada, voucher do hotel e serviços adquiridos durante a estadia na Grécia e comprovante de aquisição de seguro de viagem internacional(com cobertura de EUR 30.000,00 englobando assistência médica/hospitalar e repatriação sanitária). A ausência destes requisitos, poderá acarretar problemas no ato do desembarque na Grécia. Clima / Melhor Época –

Nas ilhas gregas, a parte mais interessante do país, as coisas funcionam assim: no inverno não tem viva alma em lugar nenhum e em algumas ilhas é difícil até mesmo achar um restaurante aberto. Por outro lado, no verão, principalmente em julho e agosto, está tudo lotado e por vezes o calor é infernal. Prefira o fim da primavera e o começo do outono: há muito menos gente, os preços desabam e as temperaturas são agradáveis.

História –

A antiga Grécia Continental fazia limites com a Ilíria a norte, a leste com o Egeu, a oeste com o mar Jônico, e a sul com o Mediterrâneo. Tinha mais de 100.000 km². As suas montanhas, com o céu quase sempre azul e seu clima suave faziam da Grécia um dos mais maravilhosos e melhores países do mundo. Foi naquele pequeno país que a civilização ocidental começou há mais de dois mil e oitocentos anos. Naquele tempo a civilização grega estava dividida em cidades-Estado (pólis) que dominavam grandes áreas das margens do Mediterrâneo e do mar Negro.

Atualmente, a Grécia é um único país de poder reduzido, e um dos menos desenvolvidos da Europa. Atenas é a capital e maior cidade do país, com quatro milhões de habitantes. Em Atenas e em outras partes da Grécia, existem esplêndidas ruínas de monumentos do passado glorioso da antiga civilização. Há milhares de anos, os gregos estabeleceram tradições de justiça e liberdade individual que são as bases da democracia e da economia de mercado. A sua arte, filosofia e ciência tornaram-se fundamentos do pensamento e da cultura ocidentais. Os gregos da Antiguidade chamavam a si próprios de helenos (todos que falavam o grego, mesmo que não vivessem na Grécia Continental), e davam o nome de Hélade a sua terra. Os que não falavam o grego eram chamados de bárbaros. Nunca formaram um governo central, porém estavam unidos pela mesma cultura, religião e língua. A Grécia tornou-se independente em 14 de Setembro de 1829, após o Tratado de Adrianópolis ser assinado entre Rússia e Turquia, o qual pôs fim à guerra de independência.


 
     
Através da lista de casamento Raidho, os convidados presenteiam o casal com cotas, de diferentes valores, que se transformam na viagem dos sonhos!
REDES SOCIAIS
NEWSLETTER
Receba nossas promoções e novidades em seu E-mail.
Aceito os termos de uso e política de privacidade
Login: Senha: Esqueceu a Senha?
ÁREA RESTRITA CÂMBIO ON-LINE
Euro (EURO): R$ 3,950
Dólar (US$): R$ 3,350
20/10/2017 às 14h 42 min
DESENVOLVIDO POR
VMB Consultores & Informática